Terça-feira, 7 de Outubro de 2008

cAIXA pOSTAL [VII]

há coisas do camandro... esta que a amiga Sandra Almeida me enviou seria pecado, heresia mesmo, se não a publica-se nesta rubrica do gERAÇÃO, intitulada «cAIXA pOSTAL», espaço pensado para publicar o que de melhor aparecer desses e-mails que nos "entopem" e circulam de caixa em caixa electrónica.

____

PS: Escolham vocês um titulo mais sugestivo à este texto, s.f.f. E mais uma vez lamento que a estas "prosas" reenviadas por e-mails, se apague o nome ou créditos aos autores.

 

------------------

De: Sandra Almeida
Assunto: FW: 30 anos de diferença

------------------

 

Situação: O Pedro está a pensar ir até ao monte depois das aulas, assim que entra no colégio mostra uma navalha ao João, com a qual espera poder fazer uma fisga:
Ano 1978: O director da escola vê, pergunta-lhe onde se vendem, mostra-lhe a sua, que é mais antiga, mas que também é boa.
Ano 2008: A escola é encerrada, chamam a Polícia Judiciária e levam o Pedro para um reformatório. A SIC e a TVI apresentam os telejornais desde a porta da escola.

Situação: O Carlos e o Quim trocam uns socos no fim das aulas:
Ano 1978: Os companheiros animam a luta, o Carlos ganha. Dão as mãos e acabam por ir juntos jogar matrecos.
Ano 2008: A escola é encerrada. A SIC proclama o mês anti-violência escolar, O Jornal de Notícias faz uma capa inteira dedicada ao tema, e a TVI insiste em colocar a Moura-Guedes à porta da escola a apresentar o telejornal, mesmo debaixo de chuva.

Situação: O Jaime não pára quieto nas aulas, interrompe e incomoda os colegas:
Ano 1978: Mandam o Jaime ir falar com o Director, e este dá-lhe uma bronca de todo o tamanho. O Jaime volta à aula, senta-se em silêncio e não interrompe mais.
Ano 2008: Administram ao Jaime umas valentes doses de Ritalin. O Jaime parece um Zombie. A escola recebe um apoio financeiro por terem um aluno incapacitado.

Situação: O Luis parte o vidro dum carro do bairro dele. O pai caça um cinto e espeta-lhe umas chicotadas com este:
Ano 1978: O Luis tem mais cuidado da próxima vez. Cresce normalmente, vai à universidade e converte-se num homem de negócios bem sucedido.
Ano 2008: Prendem o pai do Luís por maus tratos a menores. Sem a figura paterna, o Luís junta-se a um gang de rua. Os psicólogos convencem a sua irmã que o pai abusava dela e metem-no na cadeia para sempre. A mãe do Luís começa a namorar com o psicólogo. O programa da Fátima Lopes mantém durante meses o caso em estudo, bem como o Você na TV do Manuel Luís Goucha.

Situação: O Zézinho cai enquanto praticava atletismo, arranha um joelho. A sua professora Maria encontra-o sentado na berma da pista a chorar. Maria abraça-o para o consolar:
Ano 1978: Passado pouco tempo, o Zézinho sente-se melhor e continua a correr.
Ano 2008: A Maria é acusada de perversão de menores e vai para o desemprego.
Confronta-se com 3 anos de prisão. O Zézinho passa 5 anos de terapia em terapia. Os seus pais processam a escola por negligência e a Maria por trauma emocional, ganhando ambos os processos. Maria, no desemprego e cheia de dívidas suicida-se atirando-se de um prédio. Ao aterrar, cai em cima de um carro, mas antes ainda parte com o corpo uma varanda. O dono do carro e do apartamento processam os familiares da Maria por destruição de propriedade. Ganham. A SIC e a TVI produzem um filme baseado neste caso.

Situação: Um menino branco e um menino negro andam à batatada por um ter chamado 'chocolate' ao outro:
Ano 1978: Depois de uns socos esquivos, levantam-se e cada um para sua casa. Amanhã são colegas.
Ano 2008: A TVI envia os seus melhores correspondentes. A SIC prepara uma grande reportagem dessas com investigadores que passaram dias no colégio a averiguar factos. Emitem-se programas documentários sobre jovens problemáticos e ódio racial. A juventude Skinhead finge revolucionar-se a respeito disto. O governo oferece um apartamento à família do miúdo negro.

Situação: Tens que fazer uma viagem:
Ano 1978: Viajas num avião de TAP, dão-te de comer, convidam-te a beber seja o que for, tudo servido por hospedeiras de bordo espectaculares, num banco que cabem dois como tu.
Ano 2008: Entras no avião a apertar o cinto nas calças, que te obrigaram a tirar no controle. Enfiam-te num banco onde tens de respirar fundo para entrar e espetas o cotovelo na boca do passageiro ao lado e se tiveres sede o hospedeiro maricas apresenta-te um menu de bebidas com os preços inflacionados 150%, só porque sim. E não protestes muito pois quando aterrares enfiam-te o dedo mais gordo do mundo pelo cú acima para ver se trazes drogas.·

Situação: Fazias uma asneira na sala de aula:
Ano 1978: O professor espetava duas valentes lostras bem merecidas. Ao chegar a casa o teu pai dava-te mais duas porque alguma deves ter feito'
Ano 2008: Fazes uma asneira. O professor pede-te desculpa. O teu pai pede-te desculpa e compra-te uma Playstation 3.

Situação: Chega o dia de mudança de horário de Verão para Inverno:
Ano 1978: Não se passa nada.
Ano 2008: As pessoas sofrem de distúrbios de sono, depressão e caganeira.·
Situação: O fim das férias:
Ano 1978: Depois de passar 15 dias com a família atrelada numa caravana puxada por um Fiat 600 pela costa de Portugal, terminam as férias. No dia seguinte vai-se trabalhar.
Ano 2008: Depois de voltar de Cancún de uma viagem com tudo pago, terminam as férias. As pessoas sofrem de distúrbios de sono, depressão, seborreia e caganeira.

 

:::: tás aqui, tás na tvi... vê lá!

MrCosmos às 15:11
link do post | COMENTAR | favorito
14 comentários:
De Eu,Luzinha a 7 de Outubro de 2008 às 16:48
tá muito bem conseguido.
acrescentava apenas à asneira da sala de aula que se o professor te repreender vêm a mãe o pai e a tia "pa dar cabo do canastro do malandro " (professor , claro que o menino é muito bonzinho).
estamos realmente no final de qualquer coisa, se não for no fim da evolução da espécie humana é no limiar da inteligência emocional.


De MrCosmos a 7 de Outubro de 2008 às 17:00
O que mais me impressiona neste texto é de facto algo que de repente pode passar despercebido.

Os orgãos de comunicação social, as TV´s sobretudo, são de facto um fotissimo poder! Moldam, muito, mas muito da sociedade que somos hoje, e da que seremos amanhã.

O meu enorme bem haja ao autor para mim desconhecido deste texto.

Gosto em ver-te por aqui, enclausurada!
Obrigado pela opinião.


De Barbichasecompanhia a 7 de Outubro de 2008 às 18:22
Já conhecia este, mas mostra a realidade em que vivemos.
Não precisamos de ir para o ano de 1978, chegava voltar atrás até ao ano de 1998.
Lembro-me de andar a matar passarinhos com uma fisga e uma pressão de ar debaixo de uma figueira depois da escola.
Hoje passado 5 minutos tinha a policia em cima de mim.
Lembro-me de ir para a escola de bicicleta, hoje tinha de meter pelo menos um cadeado e prende-la a um poste.
Lembro-me que para irmos a Lisboa nos despedíamos da família toda, hoje vamos e vimos enquanto se bebe um café à hora de almoço.
MS



De MrCosmos a 7 de Outubro de 2008 às 18:53
É a vida! e depois... Morre-se Muah ah ah ah!
o caso está sério mas mais vale rir.


De pensamentovadio a 7 de Outubro de 2008 às 20:38
Bem este mail é mesmo dos bons! Podem-se tirar varias conclusões mas uma que acho que espelha bem tudo o que nos rodeia é que as televisões estão desesperadas. Muitas vezes fazem de casos insignificantes casos muitissimo mediaticos o que mts vezes só atrapalha!
quero só acrescentar ao colega comentador que fala na pressão de ar, que além do cadeado está obrigado a guarda-la num estojo fechado longe do alcance das crianças, possuir licença da arma, licença de uso e porte de arma e ainda um seguro civil para eventais danos que possa causar!
Isto de evoluir dá trabalho..


De MrCosmos a 7 de Outubro de 2008 às 20:49
Olá pensamentovadio!

É! E ainda há que diga que, há e tal, olhe que não xôr dotor, olhe que não!
O Tanas, Os meios de comunicação são de facto o 4º Poder Neste país, e tal & Qual um fortissimo poder em qualquer país democrático...

Censura, nunca mais! Libertinagem de comunicação social, começa a tresandar...

Porta-te*


De Pedro Oliveira a 8 de Outubro de 2008 às 08:41
Não sejam assim,
se os nossos pais tivessem oportunidade de escrever sobre a diferença de gerações diziam que em 48 saiam da escola e iam cavar vinha e outros nem á escola iam.

em 78 já vão à escola,não sabem o que é cavar e têm uns brinquedos que se chamam legos.

É a vida!



De MrCosmos a 8 de Outubro de 2008 às 09:43
Sabe-la toda, e tens razão!
É a velha questão das gerações mais velhas gostarem, terem mesmo um fetiche, de subverter as mais novas...
Estou curioso para ouvir o que os meus filhos dirão aos meus netos, nesse respeito. Mas que o texto está um must...

Para tí hoje, Um abraço Musical. (está saiu assim um bocado amaricada, mas pronto... está dado.)


De Cláudia Oliveira a 8 de Outubro de 2008 às 08:59
É a lei da vida. Naturalmente.


De MrCosmos a 8 de Outubro de 2008 às 09:44
Caso para perguntar, para onde caminhamos?

Bj* do Mr.


De Francisca a 8 de Outubro de 2008 às 09:15
Oi
o texto está fantástico e acho que descreve muito bem a sociedade em que vivemos hoje!Eu levei algumas 'lostras' dos meus pais e de uma professora e não precisei de psicólogos!!!!Xau


De MrCosmos a 8 de Outubro de 2008 às 09:49
Oi Fran, Grande gosto em ler-te nesta humilde casinha!

Mas tens a tu a tua razão, apesar de se dizer que o que é demais, é moléstia, eu também, por uma vez na vida e já nos anos 80 ainda soube ao que sabia levar uma reguada. Longe de admitir que isso se repeti-se nas salas de aula, mas agora é:

DÁ-ME O TELEMÓVEL, JÁÁÁ!!


De Dragão Azul a 8 de Outubro de 2008 às 09:54
Do texto destaco o poder da comunicação social, eles moldam as coisas conforme lhes convem. Muitas das vez vezes o mesmo assunto é tratado de forma diferente e em alguns casos só querem saber a opinião de um dos lados.

TRIabraços.


De MrCosmos a 8 de Outubro de 2008 às 11:08
É aí que começa o poder deles, e ninguém os controla...
Abração!


Comentar o post

.mrcosmos@sapo.pt


. ver perfil

. atura-o tu!

. 8 seguidores

.dESEN[RASCA]

 

.pOST rECENTES

. sHUTDOWN

. tHE sILLY sEASON iS oPEN,...

. eSGRAVATANDO

. aINDA sOBRE o tETRA...

. vENHA o pENTA...

. 201 aNOS dA BRP

. u-lA-lÁ, mON dIEU!

. a cUSPIDELA dO dRAGÃO

. uMA lUFADA dE aR fRESCO

. vÊM dEBATER o fENÓMENO bL...

. pRESTAÇÃO oU pROSTITUIÇÃO...

. pORQUE vALE (sEM dÚVIDA) ...

. a pEDIDO dE uM vIZINHO...

. dESCULPEM lÁ o iNCOMODO d...

. cONTINUANDO nAS rECOMENDA...

. o bLOGUE gERAÇÃO rECOMEND...

. cAIXA pOSTAL [XI]

. 20.01.2009 - pARA mAIS tA...

. fOI o sENHOR qUE pEDIU? -...

. jÁ o pROFETA bILL dIZIA

.tags

. todas as tags

.LINKS

.nA gAVETA

.gERADELAS

eSTÃO a gERAR pRAQUI
.

.subscrever feeds