Quarta-feira, 13 de Maio de 2009

aINDA sOBRE o tETRA...

por autor desconhecido,
um texto que circula na web, partilhado via mail pelo companheiro Lucho
"Uma vez por ano, normalmente em Maio, escrevo sobre futebol para celebrar o campeonato ganho pelo Porto. Hoje, não o faço unicamente pelo prazer da  vitória.

O modo como Portugal, principalmente o país não-portista (ou melhor, anti-portista), lida com a supremacia do Porto diz muito sobre os portugueses.
 A negação da realidade, as euforias passageiras e ilusórias, a procura permanente de desculpas e o afundamento nas teses da conspiração.
No essencial, tem sido esta a receita de benfiquistas e de sportinguistas nas últimas duas décadas. No caso do Benfica, é mesmo um caso de psicanálise colectiva. Nos últimos dez, quinze anos, tem existido apenas um critério que permite chegar a presidente do Benfica: atacar Pinto da Costa.
Competência, como dirigente e gestor? Irrelevante. Construir boas equipas e ganhar títulos? Secundário. O que verdadeiramente mobiliza os benfiquistas é o ódio ao presidente do Porto. Até ao dia em que apareça alguém com coragem para reconhecer, por um lado, a superioridade e o exemplo do Porto e, por outro lado, os profundos erros cometidos pelas sucessivas direcções benfiquistas dos últimos anos, o "clube dos 6 milhões" continuará afundado nas desilusões.

Vejam como decorre uma época de futebol típica em Portugal. Agosto é o mês de todas as esperanças. As vitórias nos torneios de Vila Real de St. António, nos jogos de apresentação contra as reservas do Milão ou do Real Madrid, e um ou dois grandes golos de jogadores prematuramente acabados e a gozar uma reforma dourada em Lisboa (é o ?modelo social benfiquista'), como Aimar ou Reyes, tornam logo o Benfica "campeão". Já perdi a conta à quantidade de vezes que ouvi amigos meus, nos almoços e jantares de Verão, dizerem-me com a mais genuína das convicções que "este ano é que é, vamos ser campeões". A minha resposta é sempre a mesma: voltamos a falar em Maio.
A partir de Abril, começam a dizer que "o futebol em Portugal é uma vergonha". Novembro e Dezembro são os meses das primeiras desilusões. Vão-se as competições europeias e, na semana seguinte à eliminação, o presidente do Benfica faz um discurso na casa do clube de Toronto a dizer que vai construir a melhor equipa da Europa. E o mais espantoso é que muitos continuam a acreditar. Não há limites à ilusão. Março e Abril são os meses em que regressa sempre o "sistema", e os famosos ?dossiers' que vão repor a verdade no futebol português". Em Maio, só consigo falar de futebol com os meus amigos portistas. Foi assim nos últimos quatro anos e desconfio que será assim no próximo ano. Para 2010, os portistas já definiram o seu objectivo: o Bi-Penta." 

Quinta-feira, 22 de Janeiro de 2009

cAIXA pOSTAL [XI]

Mensagens recebidas na caixa postal electrónica que - realmente - merecem ser reencaminhadas.

 

--------------------

Assunto:  FW: Esta é uma recomendação da Cruz Vermelha a nível mundial:

--------------------

 

O pessoal das ambulâncias e emergência médica que presta assistência aos nos acidentes da estrada, constata que os sinistrados têm um telemóvel consigo.

No entanto, na hora de intervir, muitas vezes esse pessoal não consegue descobrir qual a pessoa a contactar na longa lista de telefones existentes no telemóvel do acidentado. 


Para tal, a Cruz Vermelha lança a ideia de que todas as pessoas acrescentem na sua lista de contactos o número de telefone da pessoa a contactar em caso de emergência.


Para facilitar, tal deverá ser feito da seguinte forma: Inserir na memória do telemóvel a entrada 'AA Emergência', seguida do nº de telefone para o qual deseja que seja feito o aviso. (As letras AA são para que este contacto apareça sempre em primeiro lugar na lista de contactos).


É simples, não custa nada e pode ajudar muito quem nos prestar assistência.

Se concordar com esta proposta, passe esta mensagem a todos os seus amigos, familiares e conhecidos.

É tão-somente mais um dado que regista no seu telemóvel e que pode ser muito importante.
O pessoal das ambulâncias e emergência médica que presta assistência aos nos acidentes da estrada, constata que os sinistrados têm um telemóvel consigo.

No entanto, na hora de intervir, muitas vezes esse pessoal não consegue descobrir qual a pessoa a contactar na longa lista de telefones existentes no telemóvel do acidentado. 


Para tal, a Cruz Vermelha lança a ideia de que todas as pessoas acrescentem na sua lista de contactos o número de telefone da pessoa a contactar em caso de emergência.


Para facilitar, tal deverá ser feito da seguinte forma: Inserir na memória do telemóvel a entrada 'AA Emergência', seguida do nº de telefone para o qual deseja que seja feito o aviso. (As letras AA são para que este contacto apareça sempre em primeiro lugar na lista de contactos).


É simples, não custa nada e pode ajudar muito quem nos prestar assistência.

Se concordar com esta proposta, passe esta mensagem a todos os seus amigos, familiares e conhecidos.

É tão-somente mais um dado que regista no seu telemóvel e que pode ser muito importante.
 

::::

Sexta-feira, 19 de Dezembro de 2008

cAIXA pOSTAL [X]

Quantas vezes poderás já ter sido enganado por e-mails deste gênero que na sua maioria são de pura fraude e falsidade?

Deixo-vos um e-mail reencaminhado pela minha própria esposa, e a forma como ela (farta de andar na dúvida)  lidou com o assunto.

Mais uma aqui para a rubrica de "cAIXA pOSTAL" no gERAÇÃO, mensagem que verdadeiramente merecem ser reencaminhadas, recebidas no e-mail.

----------------------------

De: Esperança Vitória

Assunto: Re: Enviem p.f. ao maior nº de pessoas(Apelo)

----------------------------

 

Ontem, recebi mais um email a pedir ajuda e para reenviar ao maior número de pessoas, como reparei que tinha a entidade de SOS criança, decidi reencaminhar para essa mesma instituição para verificarem a veracidade da informação. Recebi a resposta abaixo!
 
CUIDADO, esta é mais uma forma de angariarem contactos para eventuais fraudes e mensagens spams.
 
-------Mensagem original-------
 
Data: 19-12-2008 14:52:40
Para: Esperança Vitória
Assunto: Re: Enviem p.f. ao maior nº de pessoas(Apelo)

Boa tarde,

O SOS Criança, vem comunicar que a informação que refere no seu e-mail não é nossa.
Igualmente a recebemos na nossa caixa de correio e segundo tudo indica, dos contactos que temos tentado estabelecer, não só através do nosso serviço,  como da parte de outros receptores, que estamos perante uma situação falsa.
Relativamente à suposta "mãe" da criança, que se identifica com dois nomes, Catarina e Ana Cristina Pinto, o nº de telemóvel está sempre indisponível. Quanto aos contactos da Admnistração do Hospital em Beja e telemóvel particular, a pessoa em causa, diz apenas ter divulgado o e-mail, após ter recebido e agora já consta, o seu contacto no próprio e-mail, do qual não tem qualquer conhecimento da situação descrita.

Agradecemos assim,  que esta informação seja divulgada, sempre que este e-mail chegue à vossa caixa de correio.

Com os nossos agradecimento

--------------------------------------------
"Citando Esperança Vitória

 
Boa noite, recebi encaminhado por um contacto o mail abaixo com esta informação a pedir o reenvio ao maior número de pessoas possível.Com a chamada de atenção a vossa entidade, será verídica esta situação?!..."

 

 Centro  Hospitalar Baixo Alentejo, EPE
 Hospital José Joaquim Fernandes - Beja
 Rua Dr. António Fernando Covas Lima

 7800-309 BEJA
 ________________________________


 ' Chamo-me Catarina Pinto, tenho um filho com 15 meses chamado  Francisco.
 Desde os primeiros dias de vida tem sido extremamente difícil
 alimenta-lo, rejeita todo o tipo de alimentação, não por reacção
 alérgica mas por não querer.
 Tem sido sempre acompanhado pelo Hospital Fernando Fonseca onde já
 lhe fizeram todo o tipo de exames e não conseguem nenhum tipo de
 diagnostico, já foi alimentado por umas sondas mas nem por isso
 aumentou de peso.
 Com 15 meses pesa apenas 6.900 gramas . Peço que alguém que tenha
 conhecimento de algum caso igual ou semelhante que me contacte
 imediatamente para que eu possa saber de que maneira poderei ajudar o
 meu filho.
 Muitíssimo Obrigada

Ana Cristina Pinto
 Tel.: 962439830 '

 Serviço SOS Criança
 Instituto de Apoio à Criança
 Portugal

 

::::

MrCosmos às 17:10
link do post | COMENTAR | favorito
Segunda-feira, 8 de Dezembro de 2008

cAIXA pOSTAL [IX]

Para os mais pessimistas, os que estão convictos e dizem que Portugal e a crise não têm solução, ora aí estão umas boas filosofias que muito seriamente deveriam ser ponderadas como válidas, de tão pertinentes que são.

Cenas da caixa postal, vulgo e-mail, daqueles que não reencaminho nem que a vaca tusa. Mas que merecem ser destacados, lá isso merecem....

 

--------------

Assunto: FW: Plano para salvar Portugal da crise...

--------------

 

Passo 1:
Trocamos a Madeira e os Açores pela Galiza, mas os espanhóis têm que levar o Sócrates.

Passo 2:
Os galegos são boa onda, não dão chatices e ainda ficamos com o dinheiro gerado pela Zara (é só a 3ª maior empresa de vestuário).
A indústria têxtil portuguesa é revitalizada. A Espanha fica encurralada entre os Bascos e o Sócrates.

Passo 3:
Desesperados, os espanhois tentam devolver o Sócrates. A malta não aceita.

Passo 4:
Oferecem também o Pais Basco. A malta mantem-se firme e não aceita.

Passo 5:
A Catalunha aproveita a confusão para pedir a independência.
Cada vez mais desesperados, os espanhois devolvem-nos a Madeira e os Açores e dão-nos ainda o Pais Basco e a Catalunha.
A contrapartida é termos que ficar com o Sócrates.
A malta arma-se em difícil mas aceita.

Passo 6:
Damos a independência ao País Basco.
A contrapartida é eles ficarem com o Sócrates.
A malta da Eta pensa que pode bem com ele e aceita sem hesitar.
Sem o Sócrates Portugal torna-se um paraíso e a Catalunha não causa problemas.

Passo 7:
Afinal a Eta não aguenta o Sócrates, e o País Basco pede para se tornar território português. A malta faz-se difícil mas aceita (apesar de estar lá o Sócrates).

Passo 8:
Fazemos um acordo com o Brasil. Eles enviam-nos o lixo e nós mandamos-lhes o Sócrates.

Passo 9:
O Brasil pede para voltar a ser colónia portuguesa. A malta aceita e manda o Sócrates para os Farilhões das Berlengas apesar das gaivotas perderem as penas e as andorinhas do mar deixarem de pôr ovos.

Passo 10:
Com os jogadores brasileiros mais os portugueses Portugal torna-se campeão do mundo de futebol!

Passo 11:
Os espanhóis ficam tão desmoralizados, que nem oferecem resistência quando os mandamos para Marrocos.

Passo 12:
Unificamos finalmente a Península Ibérica sob a bandeira portuguesa.

Passo 13:
A dimensão extraordinária adquirida que une a Península e o Brasil, torna-nos verdadeiros senhores do Atlântico. Colocamos portagens no mar, principalmente para os barcos americanos, que são sujeitos a uma sobretaxa tão elevada que nem o preço do petróleo os salva.

Passo 14:
Economicamente asfixiados eles tentam aterrorizar-nos com o Bin Laden, mas a malta ameaça enviar-lhes o Sócrates e eles rendem-se incondicionalmente. Está ultrapassada a crise!
 
Facilíssimo, hein ???

:::: Isto dava tese de doutoramento

Quarta-feira, 15 de Outubro de 2008

cAIXA pOSTAL [VIII]

Mais uma mensagem Electrónica que chegou a caixa postal, daquelas dignas de nota  e que realmente justificam um FW, reencaminhamento.

------------------

De: Pedro Oliveira
Assunto: Professor Júlio Pedrosa em Porto de Mós

------------------

 

Serve o presente, para vos informar que dia 24 de Outubro, o Professor Júlio Pedrosa estará em Porto de Mós a convite do blog Vila Forte, para nos falar de “Escolas, Educação e Autarquias”. Tal como no ano passado, aquando do nosso primeiro aniversário, tivemos o Professor António Câmara a falar-nos das cidades criativas, este ano no nosso segundo Aniversário temos outra grande personalidade Portuguesa que nos vem falar de um assunto que está na ordem do dia.

 

Agradecemos divulgação do evento, pelos meios que estejam ao vosso dispor, bem como vossa presença.

 

Saber mais em : http://vilaforte.blogs.sapo.pt/17136.html

 

Melhores cumprimentos,

Pedro Oliveira.

--------------------

:::: passa palavra.

Terça-feira, 7 de Outubro de 2008

cAIXA pOSTAL [VII]

há coisas do camandro... esta que a amiga Sandra Almeida me enviou seria pecado, heresia mesmo, se não a publica-se nesta rubrica do gERAÇÃO, intitulada «cAIXA pOSTAL», espaço pensado para publicar o que de melhor aparecer desses e-mails que nos "entopem" e circulam de caixa em caixa electrónica.

____

PS: Escolham vocês um titulo mais sugestivo à este texto, s.f.f. E mais uma vez lamento que a estas "prosas" reenviadas por e-mails, se apague o nome ou créditos aos autores.

 

------------------

De: Sandra Almeida
Assunto: FW: 30 anos de diferença

------------------

 

Situação: O Pedro está a pensar ir até ao monte depois das aulas, assim que entra no colégio mostra uma navalha ao João, com a qual espera poder fazer uma fisga:
Ano 1978: O director da escola vê, pergunta-lhe onde se vendem, mostra-lhe a sua, que é mais antiga, mas que também é boa.
Ano 2008: A escola é encerrada, chamam a Polícia Judiciária e levam o Pedro para um reformatório. A SIC e a TVI apresentam os telejornais desde a porta da escola.

Situação: O Carlos e o Quim trocam uns socos no fim das aulas:
Ano 1978: Os companheiros animam a luta, o Carlos ganha. Dão as mãos e acabam por ir juntos jogar matrecos.
Ano 2008: A escola é encerrada. A SIC proclama o mês anti-violência escolar, O Jornal de Notícias faz uma capa inteira dedicada ao tema, e a TVI insiste em colocar a Moura-Guedes à porta da escola a apresentar o telejornal, mesmo debaixo de chuva.

Situação: O Jaime não pára quieto nas aulas, interrompe e incomoda os colegas:
Ano 1978: Mandam o Jaime ir falar com o Director, e este dá-lhe uma bronca de todo o tamanho. O Jaime volta à aula, senta-se em silêncio e não interrompe mais.
Ano 2008: Administram ao Jaime umas valentes doses de Ritalin. O Jaime parece um Zombie. A escola recebe um apoio financeiro por terem um aluno incapacitado.

Situação: O Luis parte o vidro dum carro do bairro dele. O pai caça um cinto e espeta-lhe umas chicotadas com este:
Ano 1978: O Luis tem mais cuidado da próxima vez. Cresce normalmente, vai à universidade e converte-se num homem de negócios bem sucedido.
Ano 2008: Prendem o pai do Luís por maus tratos a menores. Sem a figura paterna, o Luís junta-se a um gang de rua. Os psicólogos convencem a sua irmã que o pai abusava dela e metem-no na cadeia para sempre. A mãe do Luís começa a namorar com o psicólogo. O programa da Fátima Lopes mantém durante meses o caso em estudo, bem como o Você na TV do Manuel Luís Goucha.

Situação: O Zézinho cai enquanto praticava atletismo, arranha um joelho. A sua professora Maria encontra-o sentado na berma da pista a chorar. Maria abraça-o para o consolar:
Ano 1978: Passado pouco tempo, o Zézinho sente-se melhor e continua a correr.
Ano 2008: A Maria é acusada de perversão de menores e vai para o desemprego.
Confronta-se com 3 anos de prisão. O Zézinho passa 5 anos de terapia em terapia. Os seus pais processam a escola por negligência e a Maria por trauma emocional, ganhando ambos os processos. Maria, no desemprego e cheia de dívidas suicida-se atirando-se de um prédio. Ao aterrar, cai em cima de um carro, mas antes ainda parte com o corpo uma varanda. O dono do carro e do apartamento processam os familiares da Maria por destruição de propriedade. Ganham. A SIC e a TVI produzem um filme baseado neste caso.

Situação: Um menino branco e um menino negro andam à batatada por um ter chamado 'chocolate' ao outro:
Ano 1978: Depois de uns socos esquivos, levantam-se e cada um para sua casa. Amanhã são colegas.
Ano 2008: A TVI envia os seus melhores correspondentes. A SIC prepara uma grande reportagem dessas com investigadores que passaram dias no colégio a averiguar factos. Emitem-se programas documentários sobre jovens problemáticos e ódio racial. A juventude Skinhead finge revolucionar-se a respeito disto. O governo oferece um apartamento à família do miúdo negro.

Situação: Tens que fazer uma viagem:
Ano 1978: Viajas num avião de TAP, dão-te de comer, convidam-te a beber seja o que for, tudo servido por hospedeiras de bordo espectaculares, num banco que cabem dois como tu.
Ano 2008: Entras no avião a apertar o cinto nas calças, que te obrigaram a tirar no controle. Enfiam-te num banco onde tens de respirar fundo para entrar e espetas o cotovelo na boca do passageiro ao lado e se tiveres sede o hospedeiro maricas apresenta-te um menu de bebidas com os preços inflacionados 150%, só porque sim. E não protestes muito pois quando aterrares enfiam-te o dedo mais gordo do mundo pelo cú acima para ver se trazes drogas.·

Situação: Fazias uma asneira na sala de aula:
Ano 1978: O professor espetava duas valentes lostras bem merecidas. Ao chegar a casa o teu pai dava-te mais duas porque alguma deves ter feito'
Ano 2008: Fazes uma asneira. O professor pede-te desculpa. O teu pai pede-te desculpa e compra-te uma Playstation 3.

Situação: Chega o dia de mudança de horário de Verão para Inverno:
Ano 1978: Não se passa nada.
Ano 2008: As pessoas sofrem de distúrbios de sono, depressão e caganeira.·
Situação: O fim das férias:
Ano 1978: Depois de passar 15 dias com a família atrelada numa caravana puxada por um Fiat 600 pela costa de Portugal, terminam as férias. No dia seguinte vai-se trabalhar.
Ano 2008: Depois de voltar de Cancún de uma viagem com tudo pago, terminam as férias. As pessoas sofrem de distúrbios de sono, depressão, seborreia e caganeira.

 

:::: tás aqui, tás na tvi... vê lá!

.mrcosmos@sapo.pt

.dESEN[RASCA]

 

.pOST rECENTES

. aINDA sOBRE o tETRA...

. cAIXA pOSTAL [XI]

. cAIXA pOSTAL [X]

. cAIXA pOSTAL [IX]

. cAIXA pOSTAL [VIII]

. cAIXA pOSTAL [VII]

. cAIXA pOSTAL [VI]

. aPELO à nAVEGAÇÃO

. cAIXA pOSTAL [VI]

. cAIXA pOSTAL [V]

. cAIXA pOSTAL [IV]

. cAIXA pOSTAL [III]

. cAIXA pOSTAL [II]

. cAIXA pOSTAL [I]

.tags

. todas as tags

.LINKS

.nA gAVETA

.gERADELAS

eSTÃO a gERAR pRAQUI
.

.subscrever feeds